Tudo começou em 1997 quando a Prefeitura de Salvador criou o Subsistema de Transporte Especial Complementar (STEC) e abriu licitação pública, na forma de tomada de preço. Participaram da seleção 1,2 mil, apenas 300 cumpriram a exigências da Prefeitura que foram contemplados com a permissão para explorar o serviço.

Logo depois, os permissionários contemplados decidiram fundar a ASTECS, Associação dos Permissionários do Subsistema Especial Complementar do Município de Salvador-Ba, com o intuito representar os interesses dos seus associados frente ao Município e garantir credibilidade e segurança para a comunidade.

Em 2007, devido ao ascendente crescimento da associação e da demanda de nossos serviços foi decidido, em Assembléia Geral, fundar uma cooperativa e assim a alteração da Razão Social para COOPSTECS - Cooperativa dos Permissionários do Subsistema de Transporte Especial Complementar do Município de Salvador - Ba. 

Sob a administração vigente, em 2008, a COOPSTECS renova toda a frota de microônibus e implanta o Sistema de Bilhetagem Eletrônica - SIBE. Essa renovação e modernização foi um marco para a cooperativa, pois possibilitou a melhoria dos nossos serviços prestados além, de atendermos um número maior de usuário. 

Ainda sob a mesma gestão, foi implantada a Unificação da Bilhetagem, sistema que possibilita a distribuição equilibrada do faturamento entre os Cooperados e o Sistema de Posicionamento Global - GPS que monitora 24h toda frota com objetivo de reduzir riscos de acidentes, evitar atrasos na escala de horários e roteiros, tornando assim nosso serviço eficiente e de qualidade para a comunidade.Atualmente, a COOPSTECS, possui em circulação 290 microônibus, sendo detentora de uma sede social e garagem equipada ambas localizadas na cidade Salvador.